cabeçalho-rascunho01.jpg

DIRETORIA  -  GESTÃO 2023  -  2026

 

PRESIDENTE            Reniltom Cunha e Souza

V.PRESIDENTE         Jaime Joaquim de Oliveira

1ª SECRETÁRIA        Lilian de Britto Salles Leite

2º SECRETÁRIO        Sander Salles Leite

1ª TESOUREIRA       Marlene Dias da Silva Veronez

2º TESOUREIRO       Daniel Ferreira Rato

DIRETORA DE

DOUTRINA                MARTA RODRIGUES                

 OBJETIVO FUNDAMENTAL

(Estatuto Social)

 

            Art. 1º - A Fraternidade Irmã Dolores, com sede na Rua Solidônio Leite, 1519, bairro de Vila Ema, na cidade de São Paulo, fundada aos 18 dias de setembro de 1965, é uma organização religiosa, com tempo de duração indeterminado, com personalidade jurídica de direito privado, com CNPJ 48.588.222/0001-01 e sem fins lucrativos, fundamentada nos termos da Lei nº 10.825 de dezembro de 2003, que tem por objeto e fins:

         I – O estudo, prática e divulgação do Espiritismo codificado por Allan Kardec e a propaganda ilimitada dos seus ensinamentos doutrinários por todos os meios ao seu alcance;

             II – A prática da beneficência espiritual e moral por todos os meios ao seu alcance.

        Art. 5º - A Fraternidade Irmã Dolores compor-se-á de ilimitado número de associados, sem distinção de sexo, identidade de gênero, cor, convicção política ou condição social.

kardec_cor.jpg

“Um dos primeiros resultados que colhi das minhas observações foi que os Espíritos, nada mais sendo do que as almas dos homens, não possuíam nem a plena sabedoria, nem a ciência integral; que o saber de que dispunham se circunscrevia ao grau, que haviam alcançado, de adiantamento, e que a opinião deles só tinha o valor de uma opinião pessoal. Reconhecida desde o princípio, esta verdade me preservou do grave escolho de crer na infalibilidade dos Espíritos e me impediu de formular teorias prematuras, tendo por base o que fora dito por um ou alguns deles.”

RELIGIÃO, SEGUNDO KARDEC (TRECHOS)

Revista Espírita, Dezembro de 1868

(Sociedade de Paris,1º de novembro de 1868)

 DISCURSO DE ABERTURA PELO SR. ALLAN KARDEC

 

 O Espiritismo é uma religião?

 

     “Uma religião, em sua acepção larga e verdadeira, é um laço que religa os homens numa comunhão de sentimentos, de princípios e de crenças; consecutivamente, esse nome foi dado a esses mesmos princípios codificados e formulados em dogmas ou artigos de fé. É nesse sentido que se diz: a religião política; entretanto, mesmo nesta acepção, a palavra religião não é sinônima de opinião; implica uma ideia particular: a de fé conscienciosa; eis por que se diz também: a fé política.”

   

    “Se é assim, perguntarão, então o Espiritismo é uma religião? Ora, sim, sem dúvida, senhores! No sentido filosófico, o Espiritismo é uma religião, e nós nos vangloriamos por isto, porque é a Doutrina que funda os vínculos da fraternidade e da comunhão de pensamentos, não sobre uma simples convenção, mas sobre bases mais sólidas: as próprias leis da Natureza."

   

    “Por que, então, temos declarado que o Espiritismo não é uma religião? Em razão de não haver senão uma palavra para exprimir duas ideias diferentes, e que, na opinião geral, a palavra religião é inseparável da de culto; porque desperta exclusivamente uma ideia de forma, que o Espiritismo não tem.!"

Nota da diretoria:

 

Não realizamos nenhum tipo de cerimônia ou culto, tais como casamentos, batizados, velórios, etc, e tão pouco utilizamos uniformes ou vestes especiais em nossas reuniões